Especialistas Participantes
Naomi Hoki Moniz
Conteúdo

Descrição

Especialistas

Instituições

Informações

Simpósio

Equipe e Conselheiros

English Japanese
Spanish Portuguese

JANM Logo
Japanese American
National Museum


Naomi Hoki Moniz é diretora de Estudos Portugueses na Universidade de Georgetown, em Washington, DC. Em 1979, recebeu seu título de doutora pela Universidade de Harvard, onde estudou literatura brasileira e portuguesa dos séculos XIX e XX. Também estudou na Universidade de Paris e na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, no Brasil. Amplamente publicado em português e inglês, seu livro As Viagens de Nélida, a Escritora (1993), escrito em português, recebeu o prêmio “Melhor Obra de 1993” da Associação Paulista de Crítica de Arte no Brasil. Atualmente, patrocinada pela Fundação Gulbenkian, sua pesquisa concentra-se na literatura feminista em português.


e-mail: moniz@gunet.georgetown.edu

Resumo da Proposta de Pesquisa
Tizuka Yamazaki: do nacionalismo à identidade cultural (raça, gênero, etnicidade e a narrativa da identidade)


Naomi Moniz pretende realizar uma análise crítica dos fatores raça, gênero, etnicidade e identidade nacional presentes nos filmes da diretora nipo-brasileira Tizuka Yamazaki. Seu estudo enfocará a representação de temas multiculturais envolvendo europeus, afro-brasileiros e outros imigrantes na tradição do cinema brasileiro. Em seu trabalho, Tizuka retrata o desenvolvimento da negociação da identidade nacional brasileira a partir dos modelos patriarcais tradicionais de raças fundamentais que se tornaram brancas, abordando aspectos como: a) a introdução dos imigrantes; b) o uso político do gênero para a construção da hegemonia do Estado; c) os movimentos sociais – feministas, militantes negros, estudantes, trabalhadores; e) o nipo-brasileiro transnacional – os “dekassegui”, trabalhadores nikkeis no Japão. A narrativa cinematográfica de Tizuka se move de uma utopia multicultural de trabalhadores nacionalistas esquerdistas no Brasil à identidade cultural tropical no Japão.